Akame Design

Olá!
Olá, Convidado, a administração do Akame gostaria de informar, que a estamos passando por uma breve manutenção.
Pedimos desculpas pelo transtorno.



Mudanças
Olá, Convidado, a administração do Akame gostaria de relembrar que mudamos de nome, cujo o anterior era 'My Desire-Designer'.
Se em alguma obra encontrar esse link, releve.


Últimos assuntos
» Simple King
Dom Jul 31, 2016 3:01 pm por synwho

» Blue Ocean *-*
Qua Jul 20, 2016 8:01 pm por Queen B

» Poison Ivy *-*
Qua Jul 06, 2016 6:24 pm por Queen B

» Kaya Scodelario
Ter Jul 21, 2015 6:21 pm por Keane4ever

» Katerina Graham
Ter Jul 21, 2015 5:55 pm por Keane4ever

» Jennifer Lopez
Qui Jul 16, 2015 5:17 pm por Keane4ever

» Jennifer Lawrence
Qua Jul 15, 2015 7:38 pm por Keane4ever

» Jamie Chung
Qua Jul 15, 2015 1:58 pm por Keane4ever

» Iggy Azalea *-*
Qua Jul 15, 2015 1:40 pm por Keane4ever

Palavras chave

Código:
<span class="postbody"> <a href="http://akame.forumeiros.com" class="postlink"><span style="color: gold;"><img src="http://img607.imageshack.us/img607/947/bannerps.png" alt="" border="0" /></span></a></span>
Maio 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Snow White Queen (Para Cannon)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Snow White Queen (Para Cannon) em Sab Mar 30, 2013 2:07 pm

Lilah

avatar
Admininistrador
Admininistrador
Snow White Queen/b>
> Qualquer skin
> NÃO RETIRE OS CRÉDITOS, CASO CONTRÁRIO, VOU TE JOGAR UMA PRAGA U.Ú
> Por favor, avise se pegar >.<
> Para cannon
> Não aconselho a modificar as cores, somente o fundo













Lilithy Baudelaire



“LILITHY”
Bom, comecemos com a história de vida da garotinha. Não se sabe ao certo de onde ela veio, nem quem são seus verdadeiros pais, mas…tudo começou naquela noite…Estava chovendo muito forte, trovões e relâmpagos faziam parecer como se o fim se o mundo estivesse próximo, mas a capa branca não se importava com isso, ela iria chegar o seu destino e nada a
impediria. Ao menos, não estava tão longe assim. Ela parou debaixo da copa de uma árvore a fim de não molhar o que trazia nas mãos – uma pequena cestinha, muito bem coberta, de lá de dentro se ouvia um chorinho abafado. A mulher tirou o capuz:
- Querida, perdão, não temos aonde deixa-la, você não terá um destino bonito se crescer conosco, sinto muito mesmo – e, levantando apenas alguns centímetros do paninho que cobria a cesta, deu um beijo na testa do bebê. Depois, cobriu o rosto novamente e bateu na grande porta de madeira velha e escura. Três batidas. Em seguida saiu correndo tão rápido, que alguns acham tê-la visto sumir em uma aura espetacular.
- Ora, quem poderá ser á uma hora dessas? – Irmã Marta dizia ao abrir a porta – Vejamos só o que temos aqui, um bebê – Ela falou consigo mesma, recolhendo em seus braços a pequenina junto com a cesta. Olhando de relance, pode perceber um pedaço de pergaminho dobrado entre as cobertas, assim que leu o que estava escrito, teve um pequeno sobressalto – Jesus, Maria e José! O nome da criança é Lilithy! Quem daria o nome de um demônio para um ser tão inocente? Mas aqui é a casa de Deus, todos são acolhidos, e sei que não tem culpa de se chamar assim, minha querida. Vamos entrando, se ficarmos aqui, pode pegar um resfriado, e ainda é tão frágil… - Ela fechou o portão e um estrondo ecoou por todo o orfanato.
Após explicar a situação para as outras freiras, Irmã Marta acabou por convencê-las de criar a garotinha até que ela crescesse ( ou até que a adotassem). Mesmo assim, todas temiam que Lilithy pudesse ser digna de seu nome quando maior. Como estavam enganadas…

---------------

- Está pronta, querida? Eles já chegaram! – Irmã Marta acabara de receber o Sr. E a Sr. Baudelaire, futuros pais de Lilithy, se a entrevista corresse como convinha
- Quase, irmã, só me resta ajeitar o cabelo –
Lilithy estava agora com cinco anos, era uma linda menininha de cabelos castanho-claros e olhos intensamente azuis. Sua pele era tão branca, que ás vezes, chamavam-na Branca de Neve. Todos os anos que passará no orfanato, nunca desapontou ninguém, comportava-se disciplinadamente. Claro que ela fazia traquinagens, como qualquer criança - quase - normal de sua idade, brincava e aprontava também, mas nada que não pudesse ser perdoado. Porém, coisas estranhas aconteciam a ela repentinamente. Lilithy via sombras e ouvia barulhos que ninguém mais via ou ouvia. Ela conseguia fazer umas coisinhas estranhas quando estava perto da geladeira, como por exemplo, congelar tanto, a ponto de travar a porta, a temperatura de sua pele também era extremamente baixa, os médicos diziam que mesmo assim, ela era saudável. No inicio, muitas das freiras julgaram a criança, dizendo que fora mandada pelas Trevas, mas com o tempo, se acostumaram, e Lilithy passou a fazer parte do seu dia-dia, até hoje!
- Pronto, vamos! – Ela falou olhando-se uma última vez no espelho. Estava trajando seu vestido mais bonito, azul com listras brancas. O cabelo estava dividido ao meio, com chiquinhas e sapatilhas da cor do cristal. Segurou a mão de Irmã Marta e juntas desceram a escadaria que rangia a cada degrau. No térreo, duas pessoas a esperavam elas. O Sr. Baudelaire era alto e magricela, com pernas feito bambu. Tinha cabelos cor de palha e olhos de besouro, com um par de óculos bem redondos e grandes por cima. Vestia um terno muito chique. A Sra. Baudelaire era baixinha e rechonchuda, com o cabelo escuro na altura dos ombros e olhos cor-de-mel. Vestia um vestido florido e alegre. Ambos traziam um sorriso no rosto, como se estivessem ansiado por aquilo a muito tempo. Quando os viu, os olhinhos de Lilithy brilharam, ela olhou para irmão Marta como se perguntasse o que fazer agora, mas o Sr.Baudelaire se abaixou e abriu os braços, convidando-a para um abraço. A freira ao seu lado assentiu, e a menininha correu ao encontro da nova família…

---------------

A entrevista correu bem, e Lilithy finalmente ganhou um sobrenome, chamava-se agora Lilithy Baudelaire e passou a morar em uma grande casa com um cachorro chamado Bob. Os pais da garota eram adoráveis e amavam muito ela, nunca lhe fizeram cara feia, e sempre que ela fazia alguma coisa errada, resolviam na base da conversa. O tempo passou e tudo continuou como era, até que Lilithy completou sete anos, estava na hora de ir para a escola, mas algo não estava certo… Ela dizia que as letras saltavam para fora da página quando ela tentava ler… É, ela foi diagnosticada com TDAH e dislexia… Mas nem mesmo isso impediu ela de querer aprender, tinha aulas particulares com seu papai e sua mamãe, e com um pouco de dificuldade, conseguiu aprender a ler.
Mas os tempos difíceis chegaram, e sua mamãe – que se chamava Lola – ficou doente. Era uma doença grave, muito grave, e por mais que os médicos fizessem tratamentos, ela não resistiu e morreu. Isso abalou muito Lilithy, e o sorriso sumiu do rostinho dela. O papai Diogo também estava triste, agora eram só eles dois no mundo. Lilithy nunca perguntou á eles sobre seus verdadeiros pais, se abandonaram ela, eles não a queriam por perto e ela também não queria eles, mas Lola e Diogo sim, ela os amava e acabara de perder sua mamãe… A vida continuava.

---------------

Dois meses depois, Lily e Diogo começavam a superar a perda de Lola. Neste dia, o sol estava lá no alto o céu, e uma leve brisa soprava. Perfeito para um piquenique! Os dois já haviam arrumado tudo, mas no exato momento em que começavam a comer, os ataques começaram. Feras medonhas e horrendas saíram de entre as árvores e atacaram os dois, Diogo sabia o que eram, ele nunca contará mas tinha contado com os verdadeiros pais – na verdade com a mãe - de Lilithy, sabia que a menina era uma semideusa. Ás pressas, ele jogou a toalha que forravam no chão – na verdade era um lenço de seda rosa – e jogou para a menina, dizendo para que ela se cobrisse com ele, ela não entendia nada e estava muito confusa, mas obedeceu. Depois, a única coisa que viu – e ouviu – foi seu pai caído e gritando enquanto um gigante de um olho só o esmagava.

---------------

Lilithy apenas descobriu a cabeça quando soube que estava segura, mesmo estando perdida, ela se encolheu em um cantinho, e logo foi encontrada por dois outros semideuses – William e Jake – Eles estavam em missão, mas mesmo assim, levaram a garotinha com eles até o acampamento meio-sangue e disseram toda a verdade para ela, conturbada com as ideias, ela ainda demorou para acreditar, até o dia de sua reclamação. Quione – sua verdadeira mãe – lhe disse toda a verdade em um breve sonho:
“Filha, peço perdão, mas seu passado é mais sombrio do que imagina. Não pude cuidar de você, seria arriscado demais, você é mais poderosa que imagina. Uma coisa tenho que te dizer, você nasceu sobre a profecia negra. A partir do momento em que descobrisse quem era – e isso já aconteceu – você se tornaria imortal, com a condição de que, um dia amando alguém, não o revelasse, só assim a maldição se quebrará.” Foi isso. Desde então, ela tem vivido no camp, junto com outras crianças, apesar de que ainda não sabe de toda a verdade sobre si.
Ficha de Personagem
ARSENAL : [Presentes das proles de Quione]
Colar mágico do fogo (ganhado em missão)

LEVEL : 23

PODER ESPECIAL : Imortalidade (concebida durante a profecia negra, que foi proferida no nascimento da garota)

PROGENITOR: Mãe: Quione; Pai: Desconhecido


Dados Pessoais
NOME: Lilithy Baudelaire
IDADE: 7 (sete) anos
NACIONALIDADE: Canadense
PELE: Branca
CABELOS: Negros
OLHOS: Azuis

@ Lilah! for MDD


Código:
<br> <center><div style="font-family:Waltograph UI; font-size:40px; text-align:center; color:#adeaea; "> Nome do cannon </div> <br><div style="width: 500px; height: 700px; background-image:url(; border: 2px  solid #3299CC;"> <br> <br /><style type="text/css"> .clum1 {width:250px;height:400px;background-image:url(LINK DO FUNDO AQUI);opacity:0.8;position:relative;top:60px;left:115px;border:1px dotted #3299CC; font-family:arial; font-size:9px; color:#000000; letter-spacing:2px; padding:5px; overflow:auto; text-align:justify;} .clum1::-webkit-scrollbar {height:20px; width:5px; background-color: #none; } .clum1::-webkit-scrollbar-thumb { background-color: #adeaea; width:5px; height:10px; padding:5px;} </style> <div class="clum1"> <b>“História”</b> <br>História HERE<br /></div> <div style="width:200px;height:190px;background-image:url(LINK DA FOTO); opacity:0.8; position:relative; top:-430px; right:145px;border: 1px dotted #3299CC;"> </div> <div style="width:190px; height:290px;background-color:#ffffff; opacity:0.8; position:relative;top:-420px; right:145px; border:1px dotted #3299CC; font-family:arial; font-size:12px; color:#3299CC; letter-spacing:2px; padding:5px;text-transform:uppercase;"> Ficha de Personagem <div style="font-size:10px;color:#000000; text-align:justify; text-transform:none;"><b>  ARSENAL : </b> HERE <br> HERE<br><br><b> LEVEL </b>: 00 <br> <br> <b>PODER ESPECIAL :</b> HERE <br> <br> <b> PROGENITOR: </b> Mãe: HERE; Pai: HERE</div><br> <p><p> <br> <div style="width:470px; height:115px;background-color:#ffffff; opacity:0.9; position:bottom; position:center; border: 1px dotted #3299CC; font-family:arial; font-size:12px; color:#3299CC; letter-spacing:2px; padding:5px; text-transform:uppercase;"> Dados Pessoais <div style="font-size:9px;color:#000000; text-align:center; text-transform:none;"><b>NOME: </b>HERE <br> <b> IDADE: </b> HERE <br> <b> NACIONALIDADE: </b> HERE <br> <b> PELE: </b> HERE <br> <b> CABELOS: </b> HERE <br> <b> OLHOS: </b>HERE </div>
<div style="font-family:arial; font-color:#000000; font-size:10px;"> [url=http://akame.forumeiros.com/u15]@[/url] Lilah! for [url=http://akame.forumeiros.com]MDD[/url] </div></div> </div> </center>

Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum